Manifestantes que participaram de atos no DF serão transferidos para Estados de origem após audiência de custódia

Segundo o interventor da Segurança Pública do Distrito Federal, Ricardo Cappelli, audiências deverão ser concluídas até esta segunda-feira, 16

CARL DE SOUZA / AFPRicardo Cappelli disse que não há previsão de quantas pessoas ficarão presas no Distrito Federal

Manifestantes que invadiram e depredaram o Congresso Nacional no domingo, 8, serão transferidos para os estados de origem após passarem por audiência de custódia. De acordo com interventor federal da Segurança Pública do Distrito Federal, Ricardo Cappelli, as audiências de custódias devem ser encerradas entre hoje, 15, e nesta segunda-feira, 16. “O sistema prisional aqui do Distrito Federal tem que absorver os que ficarão. Esses julgamentos nos estados vão seguir o mesmo rito como se fosse feita no Distrito Federal. Eles vão ser julgados da mesma maneira”, explicou o interventor. Segundo o interventor, não há uma previsão de quantos detentos permanecerão no Distrito Federal. O balanço deve ocorrer entre hoje e amanhã. Ainda segundo Cappelli, cerca de 600 homens da Força Nacional devem permanecer no Centro de Brasília até o dia 19 de janeiro. “A segurança na Esplanada vai seguir normalmente e a gente está com a inteligência, com todos os setores em alerta e a qualquer sinal de movimentação diferente, as providências são tomadas”, disse Cappelli. Na sexta-feira, 13, a Secretaria de Administração Penitenciária do Distrito Federal (Seape/DF) informou que a Penitenciária da Papuda possui capacidade 1.176 vagas e 2.139 estão presas na unidade.

Siga o InfoMais no Google News e acompanhe nossos destaques

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE



LEIA MATÉRIA ORIGINAL

Receba atualizações em nosso grupo de WhatsApp
VEJA TAMBÉM