Eleito por SC, Jorge Seif diz estar pronto para presidir o Senado ‘se for da vontade de Bolsonaro’

Ex-ministro também disse defender a criação de uma CPI das pesquisas eleitorais

Alan Santos/PR – 09/03/2020Jorge Seif, senador eleito por Santa Catarina

O senador eleito Jorge Seif Junior (PL) concedeu entrevista ao programa Os Pingos Nos Is, das Jovem Pan News. Seif foi questionado sobre disputar a presidência da casa e disse que está pronto para isso, mas se for da vontade do presidente Jair Bolsonaro (PL). Também falou sobre o que espera de quem esteja à frente do Senado. “Sem revanchismo, mas com clareza, com patriotismo, respeitando a Constituição e respeitando de forma soberana a vontade do povo brasileiro. Temos muitos projetos parados no Congresso, especialmente no Senado. Porque não havia interesse nem de dar protagonismo ao presidente Bolsonaro e muitas questões também de lobistas, lobby”, disse. Seif ainda comentou sobre como ele imagina que seria uma oposição no caso da vitória de Luiz Inácio Lula da Silva para a Presidência da República: “Não vejo como concordar com alguma pauta que a esquerda defenda. Porque absolutamente tudo o que eles pregam… Como que nós podemos concordar? Ou seja, o Brasil vai travar. Porque realmente o parlamento alinhado, o Senado e o Congresso [sic], com número de eleitos que nós tivemos, tanto na Câmara como no Senado, e com as pautas que eles vociferando e têm defendido publicamente, eu creio que realmente o Brasil vai estagnar”. O senador eleito também se posicionou sobre uma possível CPI das pesquisas eleitorais: “Eu sou totalmente a favor de medidas rigorosas contra esses institutos, que ou têm pessoas, matemáticos, estatísticos, que estão com a cabeça na lua, fumando alguma substância proibida ou utilizando alguma substância tóxica, ou realmente existe manipulação e até venda de resultados para beneficiar aqueles que são financiados sabe lá Deus por quem”.

Siga o InfoMais no Google News e acompanhe nossos destaques

*Com informações da repórter Carolina Abelin

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE



LEIA MATÉRIA ORIGINAL

Receba atualizações em nosso grupo de WhatsApp
VEJA TAMBÉM