Secretário do Mapa destaca compromissos firmados na COP26, mas diz que é preciso avançar mais

Um dos destaques no ano para o agro brasileiro foi a realização da Conferência das Nações Unidas para o Clima (COP26), que aconteceu em novembro, na cidade de Glasgow, na Escócia. Em cobertura in loco, o Canal Rural mostrou de perto os compromissos firmados pelo Brasil em iniciativas socioambientais.

Entre os acordos firmados durante a COP26 envolveu mais de 100 países. Foi o compromisso global que prevê reduzir as emissões de metano em 30% até 2030. O Brasil, que está entre os signatários do acordo, é um dos principais emissores de metano do planeta.

Em entrevista exclusiva ao Canal Rural, o secretário de desenvolvimento sustentável do Ministério da Agricultura (Mapa), Fernando Camargo, elogiou o acordo estabelecido para a redução de subsídios aos combustíveis fósseis.

Siga o InfoMais no Google News e acompanhe nossos destaques

“A redução de subsídios aos combustíveis fósseis foi um acordo fundamental, pois muitos países dependem desse tipo de energia, como o carvão. Foi o acordo possível para o momento, embora não seja ainda o necessário para as ambições ambientais”, destacou Camargo.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

 

LEIA MATÉRIA ORIGINAL

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Receba atualizações em nosso grupo de WhatsApp
VEJA TAMBÉM