Será que compensa empréstimos no cartão de crédito para sair do vermelho?

Quando muitas pessoas precisam de empréstimos com uma rápida aprovação, acabam recorrendo aos oferecidos a partir do cartão de crédito, entretanto nem sempre esta é a melhor opção, uma vez que as taxas costumam ser muito mais altas quando comparadas a outras modalidades. Veja se compensa ou não ir em frente com isso.

Na prática, o empréstimo feito a partir do cartão de crédito é similar ao crédito pessoal, contudo ele é vinculado ao cartão e tem as parcelas debitadas diretamente na fatura do cliente. Desta forma, o usuário segue usando o resto do limite e liberando novos montantes a cada pagamento de uma parcela nova.

Embora haja uma ampla oferta no mercado, os famosos “bancões” são os que oferecem as maiores facilidades.

Empréstimos: vantagens e desvantagens

O empréstimo no cartão têm como principal vantagem o fato de já contar com uma pré-aprovação, logo a liberação do benefício tende a acontecer em minutos. Além disso, o cidadão pode contar com a facilidade de todo o procedimento ocorrer em uma ambiente online.

Siga o InfoMais no Google News e acompanhe nossos destaques

Apesar de, ao menos na maioria das vezes, a operação ser feita totalmente online e por meio do aplicativo ou do site do banco, alguns dos documentos eventualmente solicitados pelas instituições de crédito são:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
  • RG ou documento de identificação como a Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
  • Comprovante de renda;
  • Comprovante de residência;
  • CPF.

Por tais razões, ele pode ser uma boa solução para quando houver uma situação de emergência, mesmo porque costuma estar disponível até mesmo para os negativados.

A modalidade tende a contar com juros mais altos. No caso de inadimplência, a cobrança também incide sobre o IOF. Caso a sua escolha seja o empréstimo via cartão de crédito, leia com atenção todo o contrato e, se possível, compare com outras modalidades.

Por fim, verifique se a instituição financeira está autorizada pelo Banco Central a realizar a transação.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Receba atualizações em nosso grupo de WhatsApp
VEJA TAMBÉM