Linha do tempo da evolução da tecnologia

Máquina de impressão, lâmpada elétrica, foguete espacial, internet e inteligência artificial. Saiba mais sobre a história e a origem desses e outros itens tecnológicos   

 

Você já parou para pensar sobre todas as coisas que precisaram ser criadas ao longo do tempo para que, hoje, nós pudéssemos conviver com itens como o computador e o celular? Como era se localizar sem a ajuda de um GPS ou viver em uma casa sem energia elétrica? Quanto tempo você ficaria sem receber notícias de um amigo na falta de internet? Confira uma linha do tempo da evolução da tecnologia e descubra como algumas dessas invenções foram criadas.

 

Siga o InfoMais no Google News e acompanhe nossos destaques

1044: Bússola

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Muito utilizada na época das navegações, a bússola é um instrumento cuja finalidade é a orientação geográfica. De maneira simplificada, ela funciona a partir de um mecanismo magnético que indica os pontos cardeais por meio de uma agulha. Alguns historiadores acreditam que a primeira bússola foi criada pelos chineses por volta do ano de 1044.

 

1250-1300: Relógio mecânico

Relógio mecânico

A invenção do relógio mecânico revolucionou a maneira de ler as horas. Porém, vale lembrar que o ser humano conta o tempo há muito mais tempo e por meio de instrumentos variados. Entre os exemplos, estão o relógio de sol, o relógio de água e a ampulheta. A história não registrou a data exata do surgimento do relógio mecânico. Mas existem teorias de que ele era usado em igrejas e mosteiros para indicar os horários das orações.

 

1455: Máquina de impressão

Máquina de impressão

Você sabia que o primeiro livro impresso foi a Bíblia? A invenção que possibilitou que isso acontecesse foi a máquina de impressão, também conhecida como imprensa. O responsável por essa criação foi o alemão Johannes Gutenberg. O equipamento foi considerado revolucionário por ter acelerado o processo de produção de livros e outros conteúdos impressos.

 

1765: Motor a vapor

Motor a vapor

Diferentes projetos que ensaiavam ser uma espécie de máquina a vapor foram desenvolvidos ao longo da história. Thomas Savery, Thomas Newcomen e James Watt são alguns dos nomes que criaram modelos de motor a vapor. Modificações foram feitas e a invenção passou a movimentar as primeiras locomotivas, barcos, fábricas, além de fundições e minas de carvão – o que fez o motor a vapor se tornar um dos principais símbolos da Revolução Industrial.

 

1826: Fotografia

Fotografia

Uma série de experimentos precisaram ser feitos para que a fotografia se tornasse o que nós conhecemos hoje. Mas a história considera que o primeiro registro fotográfico foi feito pelo francês Joseph Niépce por volta de 1826. O inventor expôs uma placa ao sol por oito horas e gravou a imagem do quintal de sua casa. Vale lembrar que o mecanismo que foi considerado precursor da câmera fotográfica – a chamada câmera escura – já estava sendo estudado desde a Antiguidade.

 

1837: Telégrafo

Telégrafo

Trata-se de um aparelho de comunicação criado em 1837. Muito utilizado por representantes de diferentes governos e pelas forças armadas de diversos países em momentos de guerra, o telégrafo é um sistema cuja finalidade consiste em transmitir mensagens codificadas por meio de uma corrente elétrica. Os créditos dessa invenção são do norte-americano Samuel Morse – que também deu seu nome ao código gerado pelo telégrafo: o Código Morse.

 

1876: Telefone

Telefone

De acordo com o que a história registrou, a invenção do telefone aconteceu a partir de uma espécie de tentativa de aperfeiçoamento do telégrafo. O responsável pela criação desse equipamento foi o escocês Alexander Graham Bell. O inventor contou com a parceria de Thomas Watson, o primeiro a escutar uma voz humana pelo aparelho. Vale destacar que Bell tinha um concorrente. O norte-americano Elisha Gray também estava na corrida para desenvolver o que, hoje, nós conhecemos como telefone.

 

1879: Lâmpada elétrica

Lâmpada elétrica

Até a criação da lâmpada elétrica, o ser humano utilizava fontes alternativas para iluminar os lugares por onde passava. Entre os exemplos, estão tochas de madeira, velas ou lampiões a óleo ou gás. Em 1879, na tentativa de promover melhorias em experimentos que já haviam sido realizados por outros inventores, o norte-americano Thomas Edison mudou essa realidade com uma lâmpada que funcionava a partir de energia elétrica.

 

1885: Automóvel

Automóvel

O veículo que ficou conhecido como o primeiro da história utilizava um motor movido a gasolina, além de ser composto por apenas três rodas. A invenção foi desenvolvida pelo alemão Karl Benz em 1885. A partir de então, outros inventores também entraram na corrida para aperfeiçoar o modelo e apresentar outros exemplares. Em 1892, por exemplo, o norte-americano Henry Ford fabricou o carro que levava o mesmo nome, Ford.

 

1896: Rádio

Rádio

O fim do século 19 registrou a criação de um novo equipamento: o rádio – um veículo de comunicação que funciona a partir da difusão de informações sonoras por meio de ondas eletromagnéticas em diferentes frequências. O responsável por essa invenção foi o italiano Guglielmo Marconi. No Brasil, a história do rádio teve início em 1922, quando o presidente da época, Epitácio Pessoa, fez uma transmissão em comemoração ao centenário da Independência do país.

 

1903: Avião

Avião

Existe mais de uma história sobre a invenção do avião. Em 1903, os irmãos Wilbur e Orville Wright inventaram um modelo que decolou com ajuda de uma catapulta. No entanto, quem também costuma ganhar bastante destaque quando se trata desse assunto é o brasileiro Alberto Santos Dumont. Em 1906, ele fez o primeiro voo para um grande público, em Paris, com o avião que batizou de 14 Bis.

 

1926: Foguete espacial 

Foguete espacial

Um meio de transporte cujo objetivo envolve levar os seus passageiros para fora da Terra. O foguete espacial é outra invenção que possui algumas divergências sobre a origem e a história da sua criação. Alguns dos nomes associados à realização desse feito são os do russo Konstantin Eduard Ziolkowski e do norte-americano Robert Hutchings Goddard.

 

1927: Televisão

Televisão

Depois do rádio, o próximo passo era criar um veículo de comunicação capaz de transmitir som e imagem simultaneamente: a televisão. Ao longo dos anos, diferentes dispositivos foram desenvolvidos para que a TV se tornasse o que nós conhecemos hoje. Porém, apenas algumas experiências tiveram sucesso em transmitir imagens à distância. Entre elas, estão os modelos de John Logie Baird (1920), Vladimir Zworykin (1923) e Phil Farnworth (1927).

 

1946: Computador

Computador

O nome que a história registrou como o do criador do computador mecânico foi o do inglês Charles Babbage. Isso aconteceu, porque ele foi responsável por desenvolver uma máquina que tinha as bases do que viria a ser o computador. Tratava-se de uma máquina construída para calcular tabelas matemáticas de forma automática, rápida e precisa.

 

O primeiro computador eletrônico foi criado em 1946 e foi batizado de Electrical Numerical Integrator and Calculator, também conhecido como ENIAC. Idealizado por engenheiros da Escola de Engenharia Eletrônica da Universidade da Pensilvânia, ele tinha cerca de dois metros de altura, pesava 30 toneladas e ocupava 180 metros quadrados.

 

1950: Inteligência artificial

Inteligência artificial

Apesar de ser um assunto bastante atual, as discussões sobre a IA existem há muito tempo. Em 1950, o inglês Alan Turing publicou um artigo cujo objeto de estudo era justamente a capacidade de uma máquina de apresentar um comportamento considerado inteligente.

 

Mais tarde, o termo “inteligência artificial” foi utilizado pela primeira vez pelo norte-americano John McCarthy – responsável por criar a linguagem de programação Lisp. Criada em 1958, essa foi uma das tecnologias que contribuíram para o desenvolvimento da IA como nós conhecemos hoje.

 

1969: Internet

Internet

O evento que marcou a origem da internet foi a criação de um sistema chamado Advanced Research Projects Agency Network, que ficou popularmente conhecido como Arpanet. Em 1969, pesquisadores de laboratórios de duas universidades diferentes dos Estados Unidos trocaram o primeiro e-mail. O contexto daquela época era a Guerra Fria e a criação em questão tinha o objetivo de estabelecer um meio de comunicação seguro entre instituições governamentais e acadêmicas.

 

1994: Smartphone 

Smartphone

O primeiro smartphone foi registrado com o nome de IBM Simon. Desenvolvido pela empresa de tecnologia IBM, o aparelho foi considerado pioneiro por diferentes motivos. Entre eles, estavam apresentar uma tela que era sensível ao toque, a capacidade de conter aplicativos, além da possibilidade de ser conectado a um fax – um sistema de transmissão de dados, escritos e gráficos por via telefônica.

 

1985: Realidade virtual 

Realidade virtual

O primeiro protótipo do que viria a ser um óculos que utiliza a tecnologia de realidade virtual surgiu em 1853. O responsável foi o britânico Charles Wheatstone. Tratava-se de um instrumento com o formato de um óculos que utilizava espelhos na frente dos olhos e que tinha o objetivo de transmitir uma sensação de volume e imersão.

 

Em 1960, outro experimento ganhou destaque. O norte-americano Morton Heilig inventou o que ficou conhecido como Sensorama – uma espécie de cabine que continha uma cadeira que se mexia, óculos com visor, alto-falantes e até alguns odores para intensificar a experiência do usuário. Somente em 1985, o termo Realidade virtual foi oficializado.

 

1995: GPS 

GPS

GPS é uma sigla para Global Positioning System ou Sistema de Posicionamento Global em português. Como o próprio nome já adianta, trata-se de um equipamento cuja finalidade envolve indicar as coordenadas de um determinado lugar do planeta Terra a partir da localização de um receptor que capte sinais emitidos por satélites.

 

A invenção que deu origem a essa tecnologia ficou conhecida como Navstar. O projeto tinha o objetivo de ser o principal sistema de navegação das forças armadas dos Estados Unidos. Apesar de ter sido desenvolvido por volta de 1960, ele foi declarado totalmente operacional apenas em 1995.

 

1997: Internet sem fio 

Internet sem fio

O nome responsável por criar o sistema que deu origem ao que nós conhecemos hoje como internet sem fio foi o de uma mulher. Hedy Lamarr era conhecida por ser uma atriz de Hollywood dos anos 1940. Mas outra curiosidade sobre a sua carreira é que a sua segunda ocupação era de inventora.

 

Durante a Segunda Guerra Mundial, Lamarr inventou um sistema de torpedos guiados por rádio de forma que eles não pudessem ser detectados por aqueles que eram considerados inimigos – o que serviu de pontapé para o desenvolvimento do primeiro padrão de conexão Wi-Fi em 1997.

 

LEIA TAMBÉM:

8 curiosidades sobre o mundo da tecnologia

Confira uma seleção de dados e curiosidades sobre a internet

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Receba atualizações em nosso grupo de WhatsApp
VEJA TAMBÉM
Notas do CREA e CAU
SAIBA MAIS

Notas do CREA e CAU

É simplesmente inacreditável o que está acontecendo neste começo de dezembro de 2023 em Maceió, Alagoas. Estamos falando…