o que é necessário ter para disputar vaga de Técnico Ambiental?

Foi divulgada, na última segunda-feira (06/08), a autorização para o concurso do Ibama. Haverá o provimento de 568 vagas, sendo que a maioria, 432 vagas, são para a função de Técnico Ambiental. Mas quais são as qualificações exigidas para concorrer à função? É sobre isso que iremos discorrer, trazendo todos os detalhes para a ocupação do respectivo cargo.

O concurso do Ibama prevê o preenchimento de 136 vagas para nível superior, mas a função com maior número de oportunidades exige apenas nível médio. Lembrando que o certame ainda não tem banca organizadora definida.

Entretanto, ela deverá ser provavelmente escolhida nas próximas semanas. Até porque o prazo para lançamento do edital é de até seis meses, contando a partir da publicação da portaria de autorização.

Formação exigida para o cargo de Técnico Ambiental

Conforme já adiantamos, é necessário que o candidato tenha concluído o nível médio de escolaridade, antigo segundo grau. É importante frisar que o diploma pode ter sido emitido por qualquer unidade de ensino, desde que reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Pessoas que realizaram o curso técnico, equivalente ao ensino médio, também poderão participar e serem elegíveis para o cargo.

Como o edital não foi divulgado, ainda não sabemos quantas vagas serão destinadas a pessoas com deficiência (PcDs) e nem para pessoas negras. Desse modo, o primeiro passo é se preparar para a realização das inscrições logo após o edital ser divulgado e, também, para as provas.

Provas previstas

Com base em concursos anteriores, as avaliações para o cargo de Técnico Ambiental foram divididas em prova objetiva e discursiva. Na primeira, constaram as seguintes disciplinas:

  • Língua portuguesa;
  • Atualidades;
  • Ética no serviço público;
  • Noções de direito constitucional;
  • Noções de direito administrativo;
  • Legislação do setor de meio ambiente.

Geralmente, a prova discursiva é responsável por boa parte da pontuação geral e consiste em uma redação dissertativa. Ter domínio da Língua Portuguesa, bem como expor um assunto com o maior número de informações relevantes, fazem com que a redação canalize bons resultados.

LEIA MATÉRIA ORIGINAL

Leia Mais

Relacionadas