Black Friday: 200 sites perigosos para você fugir dos problemas


Procon-RJ divulgou uma lista de 200 sites que devem ser evitados pelos consumidores durante a Black Friday.  

Além de endereços fraudulentos, a entidade de defesa do consumidor inclui as empresas que não entregam os produtos, não respondem as reclamações dos clientes, nem as notificações da entidade. 

Cassio Coelho, presidente do Procon-RJ, destacou: 

“Todos os sites foram checados, foi um trabalho de pesquisa grande. É importante que os consumidores consultem a lista para não cair em armadilhas.” 

Coelho orienta ainda os consumidores a não enviar cópias de documentos por e-mail ou aplicativos de mensagens, sob nenhum pretexto: 

“Sites fraudulentos têm usado o pretexto que os documentos são necessários para emissão da nota fiscal, é uma mentira. Não caiam nessa armadilha a pretexto de oferecer desconto.” 

A lista pode ser acessada neste LINK.  



LEIA MATÉRIA ORIGINAL

Leia Mais

Relacionadas