veja como ficaram as cotações no dia de hoje

O mercado físico de boi gordo registrou preços estáveis nesta sexta-feira (05).

De acordo com o analista de Safras & Mercado Fernando Henrique Iglesias, o ambiente de negócios volta a sugerir por queda dos preços para o curto prazo, consequência da posição bastante confortável das escalas de abate no decorrer de agosto, que atendem em média sete dias úteis.

“A incidência de contratos a termo entre os frigoríficos de maior porte foi um fator importante para justificar esse ambiente de baixa, mesmo em um período de boa demanda de carne bovina”, diz Iglesias.

Dessa maneira, em São Paulo (SP), a referência para a arroba do boi caiu ainda mais e chegou a R$ 308. Já em Dourados (MS), os preços não tiveram alterações e ficaram em R$289.

Ao mesmo tempo, em Cuiabá (MT) a arroba de boi gordo teve preço de R$ 284. Simultaneamente, em Uberaba (MG), os preços ainda são de R$290.

Finalmente, em Goiânia (GO), os preços do boi também se mantiveram e fecharam o dia em R$ 290 a arroba.

Boi: mercado atacadista

Foto: Ministério da Agricultura

O mercado atacadista de boi gordo voltou a operar com preços acomodados no dia de hoje.

O ambiente de negócios ainda sugere pela alta das cotações durante a primeira quinzena de agosto, período que conta com maior apelo ao consumo. Mencionando o adicional de demanda relacionada às comemorações relativas ao Dia dos Pais, destaca Iglesias.

Por conta disso, o quarto dianteiro do boi continuou com preço de R$ 16,80, assim como a ponta de agulha também continuou cotada a R$ 16,75.

Por fim, o quarto traseiro do boi mantém-se em R$ 22,00 por quilo.

LEIA MATÉRIA ORIGINAL

Leia Mais

Relacionadas