calor excessivo e pancadas de chuva marcam o Sul e Norte do país

O calor que está forte no Sul do país permanece até, pelo menos, a próxima quarta-feira (19). No interior do Rio Grande do Sul, por exemplo, os termômetros chegam aos 40°C. Essa alta temperatura agrava o estresse hídrico que já toma conta da região há tempos. No entanto, em Uruguaiana, por exemplo, a chuva pode vir em forma de temporal no fim de semana.

Conforme a massa de ar seco ganha intensidade, Paraná e Santa Catarina também serão atingidos. Já entre os dias 20 e 24, o calor chega no sul e oeste de Mato Grosso do Sul, com 38°C de máxima.

Até o dia 19, a previsão é de 30 mm de chuva em áreas produtoras de soja do Rio Grande do Sul e até 50 mm na faixa leste de Paraná e Santa Catarina. Essas áreas dos dois estados não são, infelizmente, as majoritárias no cultivo do grão.

Riscos de enchentes e deslizamentos

As intempéries em janeiro têm trazido enchentes e deslizamentos em algumas áreas do país. Nos próximos dias, esses riscos ficam altos na região Norte por conta da zona de convergência intertropical.

Entretanto, entre 20 e 24 de janeiro, as pancadas de chuva diminuem na região. Já no fim do mês, os maiores volumes de água ficam concentrados no Sudeste e perdem força no Rio Grande do Sul.

 

LEIA MATÉRIA ORIGINAL

Leia Mais

Relacionadas