Randolfe diz ter conseguido assinaturas necessárias para abertura de CPI do Ministério da Educação

Próximos passos na instalação da comissão deverão ser dados pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco

Marcos Oliveira/Agência Senado – 3/03/2020Senador Randolfe Rodrigues afirmou que conseguiu o mínimo das assinaturas necessárias para dar andamento à CPI do MEC

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou nesta quinta, 23, ter conseguido angariar as 27 assinaturas necessárias para a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apure as denúncias de corrupção no Ministério da Educação. O esforço para coletar o número necessários de assinaturas começou em março, quando as primeiras suspeitas surgiram, e foi retomado a partir da quarta, 22, após a Polícia Federal realizar prisões preventivas do ex-ministro Milton Ribeiro e de pastores acusados de facilitar a liberação de recursos da pasta em troca de propinas. Agora, os próximos passos na instalação da CPI devem ser dados pela mesa diretora da Casa, que analisará se o pedido cumpre todos os requisitos necessários – a decisão final recai sobre o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). Também na quarta, Pacheco afirmou que as denúncias devem ser apuradas, mas que a proximidade das eleições pode atrapalhar os trabalhos da comissão.

Veja abaixo quem assinou:

  1. Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
  2. Paulo Paim (PT-RS)
  3. Humberto Costa (PT-PE)
  4. Rafael Tenório, suplente de Renan Calheiros (MDB-AL)
  5. Fabiano Contarato (PT-ES)
  6. Jorge Kajuru (Podemos-GO)
  7. Zenaide Maia (Pros-RN)
  8. Paulo Rocha (PT-PA)
  9. Omar Aziz (PSD-AM)
  10. Rogério Carvalho (PT-SE)
  11. José Antonio Reguffe (União Brasil-DF)
  12. Leila Barros (PDT-DF)
  13. Jean Paul Prates (PT-RN)
  14. Jaques Wagner (PT-BA)
  15. Eliziane Gama (Cidadania-MA)
  16. Mara Gabrilli (PSDB-SP)
  17. Nilda Gondim (MDB-PB)
  18. Veneziano Vital (MDB-PB)
  19. José Serra (PSDB-SP)
  20. Tasso Jereissati (PSDB-CE)
  21. Cid Gomes (PDT-CE)
  22. Alessandro Vieira (PSDB-SE)
  23. Dário Berger (PSB-SC)
  24. Simone Tebet (MDB-MS)
  25. Eduardo Braga (MDB-AM)
  26. Soraya Thronicke (União Brasil-MS)
  27. Giordano (MDB-SP)



LEIA MATÉRIA ORIGINAL

Leia Mais

Relacionadas