Em resposta a arcebispo, Bolsonaro diz que ter arma é ‘liberdade’

O presidente Jair Bolsonaro disse que no Brasil só bandido anda armado e comparou a posse de arma com a liberdade. 

O comentário foi feito após ser confrontado por autoridades católicas sobre a liberação da compra de armas.

Nós devemos nos preocupar com nossa liberdade, o bem maior de uma nação. Sem liberdade não há vida”, disse Bolsonaro. 

Na última terça-feira (12), durante celebração de missa em Aparecida, o arcebispo dom Orlando Brandes afirmou que “pátria amada não é pátria armada”.

O que acontecia no Brasil é que só os marginais e os bandidos tinham arma de fogo. Não pude aprovar a lei como queria, mas alteramos decretos e portaria para que a arma de fogo seja uma realidade”, acrescentou Bolsonaro.

LEIA MATÉRIA ORIGINAL

Leia Mais

Relacionadas