Bolsonaro libera 13º salário dos aposentados do INSS; Saiba mais

Foi antecipado nesta terça-feira (4) o 13º salário dos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A medida veio através de decreto redigido pelo presidente Jair Bolsonaro e oficializado pela publicação do Diário Oficial da União desta quarta-feira (5).

Fica definido a liberação do 13º salário do INSS nos meses de maio e junho, sendo maio referente a primeira parcela e junho a segunda. A projeção do ministério da Economia, a medida deve injetar quase R$ 53 bilhões a economia, num momento de pandemia.

Vale lembrar que a medida não terá impacto fiscal, tendo em vista que os recursos já estavam previstos no Orçamento deste ano, logo, o governo apenas antecipará os valores.

Pagamentos

O pagamento da antecipação do 13º salário do INSS será feita em duas parcelas, sendo a primeira com valor de 50% do abono devido em maio de 2021 e será paga com o calendário habitual de pagamentos do benefício mensal.

Com relação a segunda parcela, a mesma será paga com os outros 50% do valor, no entanto, pode haver descontos do Imposto de Renda a depender do valor ao qual o segurado do INSS tem direito. Além disso, o calendário da segunda parcela também ocorrerá com o benefício mensal pago no mês de junho.

Calendário de pagamentos

Benefícios com valor de até um salário mínimo

Final Maio — 1ª parcela do 13º Junho — 2ª parcela do 13º
1 25 de maio 24 de junho
2 26 de maio 25 de junho
3 27 de maio 28 de junho
4 28 de maio 29 de junho
5 31 de maio 30 de junho
6 1 de junho 1 de julho
7 2 de junho 2 de julho
8 4 de junho 5 de julho
9 7 de junho 6 de julho
0 8 de junho 7 de julho

Benefícios com valor acima de um salário mínimo

Final Maio — 1ª parcela do 13º Junho — 2ª parcela do 13º
1 e 6 1 de junho 1 de julho
2 e 7 2 de junho 2 de julho
3 e 8 4 de junho 5 de julho
4 e 9 7 de junho 6 de julho
5 e 0 8 de junho 7 de julho

(Jornal Contábil)

Leia Mais

Relacionadas